domingo, 18 de janeiro de 2009

Liberte-se do passado.

Texto base:
E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas. 2 cor.5:17


Me peguei num estado complicado: eu falava pra meu amigo que eu não ‘ficava’ e ele disse: ‘mas ficou, que eu lembro!’ Na mesma hora, uma descarga de lembranças se fez em minha mente. Lembrei de todas as coisas erradas que fiz, de todas as besteiras que cometi. Respondi: ‘Mas não faço mais! Fiz isso quando estava afastada.’ Ele olhou para mim com cara de quem não acredita, e disse que eu faria novamente! Que peso aquelas palavras tiveram em mim! Não consegui parar de pensar naquilo.

Quero dizer... Deus não lembra mais daquilo, eu me arrependi, e Ele jogou esses erros no mar do esquecimento! Por que estava me magoando daquele jeito? Muitas vezes o mundo quer nos acusar dos erros que cometemos e que já nos arrependemos. Ele vem, nos acusa, colocam o dedo na nossa cara, não acreditam que mudamos, nem que não iremos fazer mais. É difícil para o mundo entender o que quer dizer ‘Santidade ao Senhor’ e o que quer dizer ‘Fui perdoado, não tenho mais culpa’. E algumas vezes, nós mesmos que insistimos em ter essa incredulidade, continuamos achando que nosso passado nos condena, e que nossos erros (aqueles que pedimos perdão de coração ao Senhor) vão nos condenar para sempre. Outras vezes, nós mesmos fazemos o favor de nos lembrar sempre dos nossos erros. Caramba! Que tortura! Deus nos perdoou. Deus se esqueceu de nosso passado! Por que estou assim?

Chega de tortura! Como dizem por ai, muitas vezes, nós somos nossos maiores inimigos. Deus já me perdoou. Deus já te perdoou. Relaxa. Que o mundo fale, que o mundo acuse, que desconfie. Deus te ama, e quer te ver livre dessas lembranças.

2 comentários:

Anônimo disse...

Você me lembrou algo que o cara que estava pregando no grupo de jovens que eu frequento disse. Ele dizia que Deus não nos acusa de nada, porque ele nos perdoa... Quem nos acusa e quem faz com que aquilo que fizemos de ruim fique "martelando" em nossa cabeça é "o maligno"... Achei isso importante...

Lucas disse...

Olá Gabi, não me lembro de como cheguei no seu blog.. acho que foi pelo Last.fm

Eu entendo perfeitamente o que você quer dizer neste post. Eu entendo da seguinte forma: os erros do passado são como pregos que são fincados na madeira. Deus, em sua infinita misericórdia, retira os erros(pecados), que no caso são os pregos, mas infelizmente a marca do prego fica. A maior prova disso é sentirmos isso quando alguem "joga na cara" algo de errado que fizemos, tem sempre alguém querendo nos mostrar as marcas dos pregos, mas não podemos nos esquecer sempre de dizer que não há mais prego nenhum! Existem alguns versículos que eu queria compartilhar:

"Romanos 8:1 Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito."

Não deixe com que essas acusações te façam sofrer. Entenda a situação, aceite-a e fique firme, pois nenhuma condenação há!

Deixo um último versículo:

Provérbios 4.23 - Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o coração, porque dele procedem as fontes da vida. (Bíblia RA)